Blog

BLOG 18 ago 2020

Como as empresas podem colaborar com a economia de água em tempos de estiagem 

No Paraná, a estiagem vem sendo uma das piores dos últimos 40 anos. Empresas precisam buscar alternativas para consumo de água consciente em seus processos.

Apesar de o Brasil ser beneficiado com uma grande reserva de água doce, os níveis dos reservatórios que abastecem grandes cidades como Curitiba estão com menos da metade de sua capacidade. O reflexo está nos consumidores finais, que passam a conviver com cortes de água. Mas e qual o papel da indústria neste aspecto?

Afinal, as indústrias são responsáveis por utilizar a grande maioria da água. E o principal desafio está em modificar métodos antigos e defasados, vazamentos e não reaproveitamento da água. Normalmente, na indústria, a água é utilizada para refrigeração de instalações e equipamentos, limpeza e preparação de produtos, arrefecimento, aplicação de tinta e corantes em produtos, entre outros processos.

Mapeamento da Água

O primeiro passo é justamente entender onde a água é utilizada, em quais processos ela é fundamental, realizar manutenção dos equipamentos,  instalação de medidores de pressão e de fluxo de água, por exemplo, podem ajudar a identificar eventuais vazamentos em tubos, juntas e válvulas.

Troca do uso da água por solução a gás

Conhecido popularmente como “gelo seco”, o dióxido de carbono pode ser um substituto da água na limpeza de máquinas e equipamentos industriais. O jateamento com gelo seco, por exemplo, é um processo eficiente e viável para remoção de tintas, óleos, graxas, poeiras, entre outras substâncias.

Reuso das águas

Nem todos os processos industriais precisam de água potável, podendo ser feita até a captação de água de chuva. Isso já vem sendo adotado: setores como o siderúrgico, automobilístico e de máquinas e equipamentos já reutilizam mais de 90% da água que consomem.

Poços artesianos

A captação de águas subterrâneas tem auxiliado no abastecimentos de municípios ao longo deste ano de 2020, para enfrentar a estiagem que vem assolando o estado do Paraná. A Perfugel realiza o estudo do solo, planejamento, perfuração e também a manutenção de poços. Ter um poço gera economia a longo prazo e oferece segurança a empresas e condomínios de que não irá faltar água.

Tags:

BLOG 18 ago 2020

Como a falta de água afeta a economia

A crise hídrica que acontece no Paraná tem chamado a atenção de todos: a falta de chuvas tem deixado reservatórios abaixo da capacidade, chegando a apenas 28%. Já há previsões de que os rodízios de água continuem pelo menos até fevereiro de 2021. Além disso, precisamos torcer para que o fenômeno La Ñina não ocorra, uma vez que ele é caracterizado pelo resfriamento das águas do Oceano Pacífico, o que pode resultar em um verão mais seco.

A falta de água é um problema de saúde pública: já se sabe que 3 bilhões de pessoas no mundo sofrem com a escassez de água, o que ajuda na disseminação do coronavírus, por exemplo, além de outras doenças. Além disso, além de a falta de água refletir no abastecimento, vai de encontro com a alimentação: agricultores e pecuaristas também passam por dificuldades, obtendo poucas safras e, por consequência, o valor dos alimentos sobe.

Outro ponto afetado é a eletricidade: 65% de toda a energia gerada no Brasil é a partir de hidrelétricas. Quando falta água, a conta de luz também sobe. Na produção de alimentos industrializados, cerca de 30% da água é desperdiçada, isso quando jogamos comida fora. Logo, evitar o desperdício de comida é uma forma de economizar água.

A falta de saneamento e acesso a água de qualidade reduz a saúde de comunidades inteiras, sobrecarregando o sistema único de saúde, reduzindo o desempenho escolar de crianças e jovens. Logo, os impactos ambientais de cidades sem infraestrutura afasta o turismo. É uma teia que está interligada por meio da água.

Por isso é importante reduzir ao máximo o desperdício de água, o consumo consciente de roupas e artigos, pois em todos os processos a água está presente: do alimento ao item de plástico que descartamos sem pensar. Já temos em nosso blog diversos conteúdos para ajudar na conscientização. Você pode acessá-los e saber como poupar água e contribuir para a preservação desse bem tão precioso!

BLOG 04 ago 2020

Prefeitura de Itararé (SP) realiza manutenção em poço artesiano

Ação é necessária para manter abastecimento de água na zona rural

A Prefeitura de Itararé (SP), por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária e Coordenadoria Municipal de Meio Ambiente, está realizando uma manutenção no poço artesiano da fazenda Canaã.

De acordo com o secretário da Pasta, Jerônimo de Almeida, a ação é necessária para manter o abastecimento de água a toda comunidade. “O poço teve um queda de produção e não estava atendendo a toda população residente no local. Para suprir essa demanda e normalizar o abastecimento, estamos perfurando mais 100 metros, em um investimento total de R$ 17 mil, em recursos próprios”, detalha.

Para o prefeito, Heliton do Valle, a iniciativa é prova do comprometimento da gestão com o produtor rural“. Água é fundamental para nossa vida. Esse investimento reflete nossa preocupação em garantir que o campo tenha condições adequadas de se desenvolver com conforto e saúde”, enfatiza.

Saiba mais – Os poços artesianos para o abastecimento dos moradores das fazendas Brasil, Silvério e Canaã foram perfurados em 2019, com o objetivo de sanar a falta crônica de água que vinha sendo enfrentada pelos assentamentos, uma vez que as minas d’água já não possuíam mais capacidade para atender à população devido ao assoreamento.

Cerca de 60 famílias são beneficiadas pela obra, avaliada em R$ 64.890, em recurso próprios. A construção tem capacidade de bombear por volta de 110 mil litros/dia.Cerca de 60 famílias são beneficiadas pela obra

Matéria publicada no site da Prefeitura de Itararé

Tags:

BLOG 27 jul 2020

Como limpar sua caixa de água?

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como é feita a limpeza da caixa d’água, um item fundamental para garantir água limpa para toda a família. Apesar de empresas terceirizadas realizarem a tarefa, quem deseja aprender e fazer sozinho pode de forma simples!

A limpeza da caixa d’água é necessária para evitar o acúmulo de resíduos e até mesmo entupimento de canos. Para ter água de qualidade, é preciso higienizar a caixa de água pelo menos 1 vez a cada seis meses. Se você não realizar a limpeza, corre o risco de contrair leptospirose, febre tifoide e até mesmo cólera. 

Passo a passo para a higienização correta:

  • Feche o registro de água;
  • Esvazie a caixa de água e mantenha 1 palmo de água para ajudar na limpeza;
  • Com ajuda de panos limpos e esponjas macias, comece a esfregar o fundo da caixa de água;
  • Não utilize produtos químicos, como detergentes e desinfetantes.
  • Abra o registro para dar vazão ao restante de água e enxague.
  • Depois de vazia, deixe a caixa encher novamente, e desta vez coloque 2 litros de água sanitária para cada 1000 litros de água. Espere duas horas e utilize esta água somente para descarga e limpeza da casa. Depois de esvaziá-la novamente, deixe encher e então pode consumir a água com segurança!

Com estas dicas você garantirá água potável para toda a família! Gostou das dicas? Envie este conteúdo para alguém.

Tags:

BLOG 27 jul 2020

O que a desidratação causa no organismo?

Você bebe água suficiente ao longo do dia? Sabe os efeitos de não se hidratar de maneira adequada? Nós vamos listar sinais de desidratação e como ter o hábito de beber água!

Com a rotina corrida, quantas vezes você faz uma pausa para beber água? Ela é super importante para a boa manutenção do organismo; sentir sede já é um sinal de desidratação. Outros sinais de que você precisa beber água: sede exagerada, boca e pele secas, olhos fundos, ausência ou pequena produção de lágrimas, diminuição da sudorese, sonolência, dor de cabeça, cansaço, fraqueza e tontura.

Em crianças, os sinais são irritabilidade, choro sem lágrimas, parte superior da cabeça afundada. Por isso, mantenha sempre uma garrafinha de água por perto e fique atento às necessidades dos pequenos!

O que beber

Água, preferencialmente. Se você quiser, pode saborizá-la com frutas. Evite o açúcar, refrigerante e cafeína, por terem o efeito contrário e aumentarem a desidratação. Sucos naturais e frutas ricas em água, como pera, melancia e melão auxiliam na boa manutenção do organismo!

Benefícios de manter o corpo hidratado

  • melhor absorção dos nutrientes ingeridos;
  • excelente circulação sanguinea;
  • rins funcionando bem e expelindo toxinas;
  • pele, cabelo e unhas mais fortes.

Já bebeu água? Aproveite agora para iniciar este bom hábito!

Tags: